Dois artigos relatam a identificação de um auto-anticorpo dirigido contra cortactina na miastenia e miosite. Duas equipes destacaram, por duas abordagens diferentes, auto-anticorpos contra o cortactina na miastenia e em miositis. O cortactina é uma proteína que se liga à actina e permite montar para formar filamentos. Está localizado na junção neuromuscular e está envolvido no agrupamento de receptores de acetilcolina. No primeiro estudo publicado no final de agosto de 2014, uma equipe espanhola descreveu um novo auto-anticorpo contra cortactina em miosite. A análise sérica de 162 pessoas com miosite destacou a presença de auto-anticorpos contra a cortação em 26% das pessoas com miopatia necrosante, 20% daqueles com polimiosites e 7,6% dos alcançados. Dermatomyosite. Não foram encontrados anticorpos anti-cortictração no soro de 4 pessoas com miosite com corpo de inclusão. No segundo estudo publicado em setembro de 2014, uma colaboração espanhola, holandesa e americana identificou anticorpos anticorrtactina em miostênia auto-imune. A análise sérica de 91 pessoas com seronégato de miastenia (em quem não encontrou anticorpos anti-Rach, anti-almíscar ou anti-LRP4) mostrou que 19,7% dessas pessoas tinham anticorpos automaticamente. Esta proporção só atinge 4,8% em 103 pessoas HIV positivas com anticorpos anti-Rach, anti-almíscar ou anti-LRP4. Identificação de um novo anticorpo associado ao miosite dirigido contra Cortctin.Labrador-Horrila M, Martínez Ma, Selva-O’Callaghan A, TRALLERO-ARAGUÁS E, GRAU-JUNYENT JM, Vilardell-Tarées M, Juarez C.autoimmun Rev., 2014 (Agosto). PII: S1568-9972 (14) 00182-7. Doi: 10.1016 / j.autrev.2014.08.038. Autoântica de CorteCiano em Miastenia Gravis.Gallardo e, Martínez-Hernández E, Titulaer MG, Huijbers MG, Martínez Ma, Ramos A, Querol L, Díaz-Manera J, Rojas-García R, Hayworth CR, Verschuuren JJ, Balice-Gordon Dalmau J, Illa Iautoimun Rev., 2014 (sete). PII: S1568-9972 (14) 00183-9. Doi: 10.1016 / j.autrev.2014.08.039. . Cortactina: um novo alvo na miosite autoimune e miasthenia gravis.berrih-aknin S.autoimun Rev., 2014 (agosto). PII: S1568-9972 (14) 00181-5. Doi: 10.1016 / j.autrev.2014.08.037.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *